Notícias

  • Out

    11

    2019

Projeto escolhido no Concurso de Revitalização do Calçadão de Osasco prevê a cobertura da rua Antônio Agu

O Concurso de Projetos de Arquitetura para Revitalização do Calçadão de Osasco chegou ao seu final com a escolha do projeto que servirá de base para as obras de revitalização da área central de Osasco. Foram recebidos 47 projetos de todos os cantos do Brasil. O projeto vencedor é da arquiteta Letícia Juliana Pazian, que recebeu uma premiação de R$10 mil. O segundo lugar foi para o projeto de Paulo Henrique Rodrigues, e o terceiro para João Raphael Matta Peixoto. Eles receberam, respectivamente, R$ 3 mil e R$ 7 mil reais. Todo o valor de premiação foi custeado por comerciantes da área central.

O projeto prevê a cobertura de todo o trecho do Calçadão da rua Antônio Agu, troca do piso, nova iluminação e mobiliário urbano (bancos e lixeiras), instalação de pontos de recarga de celular alimentados por energia solar e captação da água da chuva para reuso, além de outras melhorias. Os detalhes do projeto poderão ser conhecidos em exposição que será realizada no Osasco Plaza Shopping, ainda sem data definida.

O Concurso surgiu de uma reunião de empresários com o prefeito Rogério Lins. Com a disposição da prefeitura em revitalizar o Calçadão e as ruas de seu entorno, o grupo procurou a ACEO – Associação Comercial e Empresarial de Osasco e a Associação de Engenheiros e Arquitetos de Osasco para a realização de um Concurso para escolher o projeto que mais atendesse as necessidades técnicas deste tipo de reforma.

“Como presidente da  Associação Comercial e Empresarial de Osasco, gostaria de agradecer à Associação de Engenheiros e Arquitetos de Osasco e à Prefeitura por aceitarem o convite desta parceria que tem tudo para fazer história na nossa cidade”, disse Amir Gomes dos Santos, presidente da ACEO.

O prefeito Rogério Lins também falou sobre o projeto. “Osasco é hoje uma das dez melhores cidades para fazer negócios do Brasil, e isto é fruto de um trabalho que a prefeitura vem fazendo em conjunto com a população e a sociedade civil, como é o caso deste projeto de revitalização da área central. Vamos continuar seguindo neste caminho, quem tem a ganhar é a nossa cidade”.