Notícias

  • Dez

    22

    2020

Governo coloca todo o Estado na fase vermelha do Plano São Paulo no Natal e Ano Novo

Com o avanço da covid-19 em São Paulo o governo João Doria anunciou nesta terça-feira, 22/12, endurecimento da quarentena com restrições de funcionamento de bens e serviços em todo estado.

O anuncio do endurecimento nas regras foi feito pela secretária de desenvolvimento econômico, Patrícia Ellen, e pelo secretário-executivo do comitê de saúde, João Gabbardo.

De acordo com Ellen e Gabbardo apenas serviços essenciais como transporte, saúde, padarias, mercados e farmácias poderão funcionar nos dias 25, 26 e 27 de dezembro e 1, 2 e 3 de janeiro.

Eles também afirmaram que em janeiro nenhuma região vai para fase verde, a menos restritiva, e que a reclassificação do estado, que estava marcada para o próximo dia 4, foi adiada para o dia 7 de janeiro.

AUMENTO NOS CASOS

Nas últimas quatro semanas São Paulo registrou aumento de 34% no número de mortes provocadas pelo coronavírus, segundo dados do governo estadual.

No mesmo período, o número de casos cresceu 54% e as internações por Covid-19 subiram 13% em todo o estado.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI na região metropolitana de São Paulo é uma das mais altas. A região, que já chegou a ter menos de 41% dos leitos ocupados, estava em 66,8% nesta segunda. Em todo o estado, a taxa é de 61,8%.

Desde 30 de novembro, todo o estado está na fase amarela, um intermediário entre as cinco, após ter passado 45 dias na fase verde, que permite todas as atividades desde que cumpridos protocolos de higiene, distanciamento social e pequeno limite de horários.