Notícias

  • Abr

    05

    2021

Osasco segue na fase vermelha emergencial até 11 de abril

Instituída no dia 15 de março a fase vermelha emergencial segue em vigor em todo o Estado de São Paulo até o dia 11 de abril.

Na fase vermelha emergencial ficam suspensas celebrações religiosas e esportivas coletivas, e uso de praias e parques. 

Alguns setores e serviços, que tinham autorização para funcionar durante a fase vermelha, foram proibidos de operar. É o caso de lojas de materiais de construção e a retirada presencial de mercadorias e alimentos nas lojas.

O QUE PODE FUNCIONAR NA FASE VERMELHA EMERGENCIAL:

Escolas abertas apenas para oferta de merenda

Hospitais, clínicas, farmácias, dentistas e estabelecimentos de saúde animal (veterinários)

Supermercados, hipermercados, açougues, lojas de suplemento, feiras livres.

Delivery e drive-thru para padarias das 20h às 5h; no restante do dia, funcionamento normal

Delivery para bares, lanchonetes e restaurantes

Cadeia de abastecimento e logística, produção agropecuária e agroindústria, transportadoras, armazéns, postos de combustíveis

Empresas de locação de veículos, oficinas de veículos, transporte público coletivo, táxis, aplicativos de transporte, serviços de entrega e estacionamentos

Serviços de segurança pública e privada

Construção civil e indústria

Meios de comunicação, empresas jornalísticas e de radiodifusão sonora e de sons e imagens

Outros serviços: lavanderias, serviços de limpeza, hotéis, manutenção e zeladoria, serviços bancários (incluindo lotéricas), serviços de call center, assistência técnica e bancas de jornais

O QUE NÃO PODE FUNCIONAR NA FASE VERMELHA EMERGENCIAL:

Academias

Igrejas e atividades religiosas

Campeonatos esportivos

Salões de beleza

Cinemas

Teatros

Shoppings

Lojas de rua, incluindo lojas de material de construção

Concessionárias

Escritórios

Parques

Clubes

Praias