Notícias

  • Mar

    03

    2021

Piora na pandemia faz governo colocar Estado de SP na fase vermelha

O recrudescimento da pandemia de Covid 19 levou o governo de São Paulo a colocar todo o Estado – incluindo Osasco – na fase vermelha do Plano São Paulo. Atualmente a Região Metropolitana está na fase laranja.

O anuncio do endurecimento foi feito na tarde desta quarta-feira, 03. A nova medida, mais dura, começa a valer a partir da zero hora deste sábado, 6, e vai até o dia 19.

Na fase vermelha há restrição total a comércios e serviços não essenciais.

O QUE PODE NA FASE VERMELHA:

Saúde: hospitais, clínicas, farmácias, clínicas odontológicas e estabelecimentos de saúde animal.

Alimentação: supermercados, hipermercados, açougues e padarias, lojas de suplemento, feiras livres. É vedado o consumo no local.

Restaurantes (delivery, retirada e drivethru) e similares: permitido serviços de retirada, entrega (delivery) e que permitem a compra sem sair do carro (drive thru). É vedado o consumo no local.

Abastecimento: cadeia de abastecimento e logística, produção agropecuária e agroindústria, transportadoras, armazéns, postos de combustíveis e lojas de materiais de construção.

Logística: estabelecimentos e empresas de locação de veículos, oficinas de veículos automotores, transporte público coletivo, táxis, aplicativos de transporte, serviços de entrega e estacionamentos.

Serviços gerais: hotéis, lavanderias, serviços de limpeza, manutenção e zeladoria, serviços bancários (incluindo lotéricas), serviços de call center, assistência técnica de produtos eletroeletrônicos e bancas de jornais, atividades religiosas.

Segurança: serviços de segurança pública e privada.

Comunicação social: meios de comunicação social executada por empresas jornalísticas e de radiodifusão sonora e de sons e imagens.

Construção civil e indústria: sem restrições.

Educação: detalhado AQUI

TAXA DE OCUPAÇÃO

De acordo com o Centro de Contingência de Covid-19do Estado, na Grande São Paulo a ocupação de UTI para covid-19 está em 75,5%.

Na sub-região Oeste, composta por Osasco, Carapicuíba, Barueri, Jandira, Itapevi, Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus os leitos e UTI para Covid estão com 58% de ocupação.

Nesta terça-feira, 02, o número de óbitos por Covid no Estado chegou a 486 em 24 horas. Em todo o Brasil foram 1.641 óbitos.